Wednesday, 10 February 2016

Santidade


Há neste mundo muita falsidade
Graves feridas na verdade
O que muitos descrevem como felicidade
Não passa de egoismo puro, mascara da maldade
Desde tenra idade
Que enoja-me tal fealdade
Fundi-me com sonhos, fugi a esta realidade
Observei friamente esta chamada irmandade
E por mais que o cérebro queira aceitar, o coração bem sabe
O quão amargo sabe à boca quando diz, humanidade.





1 comment: